José Pedro Croft deixou o seu atelier na rua do lobito ( onde Rodrigo Oliveira tem atelier actualmente ) para um novo espaço de primeiro andar com características industriais na zona de alvalade. Um atelier organizado, luminoso, amplo e onde as obras surgem com um lugar proprio, o atelier de Pedro Croft é tambem uma visita ao seu método de trabalho, que se mostra sistematizado e estruturado.Com a sua habitual simpatia, mostrou-nos o seu atelier de grandes dimensões, onde esculturas, intalações e desenhos se ordenam e dispoem conforme uma vontade do artista, de criar relações ou de ter cada elemento no seu lugar proprio. Conversamos sobre as suas viagems e exposições, sobre o seu trabalho no México. Falamos também sobre esta materialização da tridimensionalidade conseguida no desenho atravéz da gravura, a conversa passou pelas suas instalações que também nos falam de arquitectura e de espaço. No seu atelier esta relação torna-se clara e limpa, na sua escala e na forma como o artista vive este lugar de trabalho. O espaço como ferramenta.

  • Data:
  • Local: Lisboa
Top